Convênios

Conheça todas as opções que você associado possui.

Artigos Publicados

Veja aqui a solução dos casos mais conhecidos.

Mobile

Abra o Site da ABRAPOL em seu Celular!

Terça, 10 Junho 2014 04:04

RECORDE E RECONHECIMENTO NO AEROPORTO DE CUMBICA

Avalie este item
(0 votos)

O aeroporto internacional de Guarulhos em São Paulo, ou Aeroporto de Cumbica como é conhecido, recebe aproximadamente 70 mil passageiros por dia. Pelo menos duas pessoas, em média, são presas diariamente pela PF tentando embarcar com drogas. Isso faz com que se torne um dos aeroportos com maior apreensão de drogas em todo o mundo.

O aeroporto internacional de Guarulhos em São Paulo, ou Aeroporto de Cumbica como é conhecido, recebe aproximadamente 70 mil passageiros por dia. Pelo menos duas pessoas, em média, são presas diariamente pela PF tentando embarcar com drogas. Isso faz com que se torne um dos aeroportos com maior apreensão de drogas em todo o mundo.

A PF apreendeu em 2010 quase duas toneladas de cocaína. Entre janeiro e dezembro foram apreendidos mais de 1.800 kg da droga o que representa um recorde e um aumento de aproximadamente 38% em relação ao ano anterior. A PF evitou também que outros 3,5 kg de maconha, 19 kg de metanfetamina e cerca de 25 mil pontos de LSD fossem transportados pelo aeroporto.

São utilizadas diversas e criativas formas para esconder a droga como em roupas, dentro de bolos, velas, peças mecânicas e em cápsulas que são engolidas por pessoas. Neste último caso são pessoas contratadas para realizar o transporte e são conhecidas como “mulas”. O aeroporto é procurado para este fim devido à quantidade de vôos internacionais que atualmente existem e que somam 26 países.

Uma das formas utilizadas pela PF para a detecção de drogas é o uso de cães farejadores. Só o cão “Jafar” já foi responsável pela apreensão de 300 kg de cocaína em 2010.

Em 2010 a delegacia da PF no aeroporto registrou 344 flagrantes, sendo que aproximadamente 66% dos envolvidos são homens. A maioria é constituída de cidadãos de nacionalidades nigeriana, brasileira, angolana, espanhola e sul africana, respectivamente.

Existem ocorrências com pessoas de outras 46 nacionalidades.

Valores em espécie apreendidos com passageiros envolvidos com o tráfico também são expressivos. Foram quase 2 milhões em euros, 650 mil em dólares e 40 mil em reais.

Outras ocorrências, além do tráfico de drogas, também foram apuradas em Cumbica. Foram abertos inquéritos em casos de falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, furto, crimes ambientais, falsificação de documento público, principalmente de passaportes estrangeiros o que resultou em 407 prisões e 350 inquéritos abertos somente em 2010.

Cerca de mil estrangeiros, com suspeitas de envolvimento com tráfico de drogas ou tráfico de pessoas, tiveram suas entradas não autorizadas no Brasil graças à criação do Grupo de Policiamento Ostensivo – GPO. Convênios celebrados com autoridades estrangeiras contribuíram também para o combate a quadrilhas internacionais.

Pelas estatísticas da PF, o Aeroporto de Cumbica está em terceiro lugar em apreensão de cocaína e detém o primeiro lugar em valores apreendidos de pessoas envolvidas com o tráfico. Os números fizeram com que a PF fosse condecorada pela Drug Enforcement Agency – DEA, que é o Departamento Antidrogas dos Estados Unidos.

Lido 33954 vezes Última modificação em Terça, 16 Dezembro 2014 17:10

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

 

Endereço

SCRS 516, Bloco B, Sobreloja 69 - 1º Pavimento - Parte C028

CEP: 70.381-525

(61) 3346-2419 / 61 99135-9994 / 61 99809-5616